Após sobreviver a 6 picadas de cobra, cientista promete fórmula para antídoto ‘popular’

 

taipan_williams
David Willians segura a Taipan da Papua Nova Guiné, terceira cobra mais venenosa do mundo. (Foto: arquivo pessoal de David Willians)

Todos os anos, cerca de 4 mil pessoas são picadas por cobras na Papua Nova Guiné, mas o governo do país nunca conseguiu comprar antídotos em quantidade suficiente para atender todas as vítimas, porque estes são caros e fabricados no exterior.

Mas, o pesquisador australiano, David Willians, afirmou ter encontrado uma fórmula mais barata e acessível contra a picada da Taipan da Papua Nova Guiné, terceira cobra mais venenosa do mundo.

Confira a matéria completa aqui.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s